Depois de mais de 10 anos ocupando o estacionamento do antigo quartel, no Centro, o tradicional Feirão de Veículos Usados funciona desde domingo (12) em um novo espaço, na avenida Prefeito Luiz Latorre, 4.501.

O problema é que na mesma avenida e no mesmo horário, sempre aos domingos, funciona a ciclofaixa de lazer, deixando para o tráfego “normal” apenas uma via — a avenida tem três.

Na manhã deste domingo (19) os funcionários da Secretaria de Transportes estiveram no local. E também alguns policiais da Polícia Militar. Mas não havia muito o que fazer.

O Feirão tem vagas para 300 carros e recebe em torno de mil pessoas por domingo, segundo disse o proprietário Reinaldo Prata. Mas muitos veículos não entram no Feirão. Os proprietários param na avenida, nas ruas e calçadas vizinhas.

São, na maioria, carros antigos, com alta emissão de poluentes. O que torna ainda mais estranha a combinação. Uma ciclofaixa ao lado de uma via com tráfego normal (embora com velocidade reduzida a 40 quilômetros por hora) é apenas uma solução possível.

Um caminho para que outras medidas venham a ser tomadas para estimular o uso da bicicleta como veículo de transporte diário e não apenas lazer nos finais de semana.

O Feirão tem o direito de estar onde está. É um terreno particular alugado pelo dono do negócio. A ciclofaixa também tem todo o direito de existir. E é muito bom que exista.

Cabe agora ao poder público encontrar uma forma de conciliar as duas coisas.

O Feirão de Usados funciona todos os domingos das 7 às 13 horas. Donos de carro pagam R$ 15,00 e de moto R$ 5,00. Prata não sabe ao certo quantos negócios são realizados por domingo. “São muitos. Mas não fazemos um controle. O que sei é o que as pessoas me dizem”.

O feirão oferece assistência de um consultor financeiro, checagem de dados junto ao Detran, banheiros, cantina e até uma rádio, onde o próprio Reinaldo Prata é o locutor.

Serviço

Feirão de Usados e Ciclofaixa
Domingos, das 7 às 13 horas
Avenida Prefeito Luiz Latorre, 4501.


View Feirão de Usados in a larger map