Pagamento de Zona Azul pode ser feito por aplicativo a partir de segunda

A partir desta segunda-feira (17), os motoristas que utilizarem o estacionamento rotativo em Jundiaí, Zona Azul, terão mais uma opção de pagamento: um aplicativo para celular.

Batizado de Digipare, o app pode ser baixado gratuitamente em qualquer smartphone ou pela internet.

De acordo com o diretor de Trânsito, Wlamir Lopes da Costa, as regras do tíquete eletrônico do estacionamento rotativo são as mesmas, ou seja, os valores, o tempo de uso e a área de cobertura são iguais ao do tíquete emitido no parquímetro.

“O aplicativo chega para facilitar o cotidiano do motorista, que vai ganhar tempo, comodidade e, portanto, qualidade no serviço prestado, uma prioridade da gestão do prefeito Luiz Fernando Machado”, destacou.

O diretor ressalta que a implantação do aplicativo não invalida o uso dos tíquetes de papel adquiridos nos parquímetros, ou seja, a compra com moedas continuará sendo possível normalmente.

“Nossa proposta é oferecer mais uma opção que facilite o uso do estacionamento rotativo”, comentou. Os agentes de trânsito da Unidade já receberam treinamento sobre o tíquete eletrônico. Faixas informando sobre a novidade também já foram colocadas em pontos estratégicos da cidade.

Como funciona

Depois de fazer o cadastro no Digipare, o motorista pode comprar créditos (mínimo de R$ 5 e máximo de R$ 100) que serão descontados do saldo de acordo com a utilização.

A compra pelo app no celular permite o pagamento apenas com cartão de crédito.

Já quem comprar os créditos pelo site pode pagar via boleto bancário e com cartões de crédito e débito.

Quando for utilizar os créditos, o motorista ativa o uso do tíquete eletrônico no próprio aplicativo.

Os agentes de trânsito poderão consultar se um veículo estacionado está utilizando o Digipare por meio da placa, que constará do cadastro do usuário no sistema. o usuário pode cadastrar quantos veículos quiser em seu CPF.