O folião número um, dono do cocar mais conhecido da cidade, o apresentador de tevê agitador cultural Val Junior jogou a toalha: seu bloco Chupa que é de Uva, que no ano passado reuniu mais de 80 mil pessoas na avenida Prefeito Luiz Latorre, este ano vai soltar sua alegria dentro do Clube Jundiaiense.

Nas redes sociais, muitos foliões reclamam da escolha, uma vez no Clube Jundiaiense haverá limite de pessoas e será cobrado ingresso — R$ 10 para associados e R$ 30 para não sócios. Mas, por outro lado, o bloco vai se apresentar duas vezes.

No Facebook, Val Junior postou uma bem humorada resposta:

QUEM NÃO GOSTOU QUE O CHUPA NÃO VAI SAIR ESTE ANO NA RUA, FAZ UM FAVOR, RECLAMA NA PREFEITURA, LIGUE 156.

E diante da pergunta: por que os outros blocos vão sair e o Chupa não, ele complementou:

“Porque a estrutura que a Prefeitura dá para todos os blocos é mínima, ruim, sem segurança, sem Samu, sem apoio, sem batedores e não assume os riscos. Mas têm blocos que se arriscam e saem, como eu saía também. Mas agora imagina esta falta de estrutura para um bloco tão grande, gigante como o Chupa, fica insignificante é muito arriscado. E também fomos proibidos de sair na (avenida prefeito Luiz) Latorre, na Rua do Retiro, e na e avenida 9 Julho”.

No ano passado o Chupa que é de Uva abriu, como faz tradicionalmente, o Carnaval de Jundiaí reunindo mais de 80 mil pessoas na avenida (foto de abertura). A dispersão do bloco daria o tom do que viria ser um Carnaval marcado pelo uso da força policial.

Na pacata e ordeira Jundiaí do futuro não há espaço para o Chupa.

Oa é uma plataforma independente de informações e notícias. Seu conteúdo editorial está a serviço da comunidade. Contribua para uma imprensa livre. Faça sua doação e garanta informação de qualidade. O Oa não aceita conteúdo editorial pago.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *