Eginaldo Marcos Honório vai ocupar a coordenadoria de Apoio aos Conselhos Municipais no governo Pedro Bigardi. Candidato a vice-prefeito na chapa de Ibis Cruz, Honório é advogado e professor universitário.

Ativista do movimento negro, o indicado para a coordenadoria, entre outras atividades, participou da primeira lei de cotas para negros do Brasil através do Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de Jundiaí, onde foi o primeiro presidente de 1999 a 2003.

“Mas minha indicação não tem nada a ver com o movimento negro. Não tem. E tem”.

À frente da coordenadoria de Apoio aos Conselhos quer usar sua experiência como advogado e militante para fortalecer a ação dos conselhos.

“Meu trabalho vai ser organizar e empoderar os conselhos. São 23 conselhos. E muitos estão com problemas por falta de estrutura e por falta de conhecimentos do poder que têm”.

O objetivo de Honório é reestruturar os conselhos que necessitem de uma reestruturação. E corrigir os principais problemas.

“Vamos criar regimento interno para quem não tem ainda. E dar subsídios para que eles possam ajudar na administração do município”.

Deixe um comentário