A Foxconn deixou Jundiaí de fora e escolheu Itu para ser a sede de sua próxima fábrica, a primeira em terreno próprio, onde investirá R$ 1 bilhão. O anúncio será feito nesta quinta-feira, no Palácio dos Bandeirantes.

Segundo informações do jornal Valor, a fábrica da companhia será instalada em um terreno de 1 milhão de metros quadrados adquirido na cidade de Itu e pode gerar até 10 mil empregos diretos.

De acordo com a assessoria de imprensa da Foxconn, ainda não há uma definição sobre qual será o destino da unidade. Ela poderá ser usada tanto para a fabricação de componentes eletrônicos, quanto para a produção de equipamentos em contratos de terceirização.

Atualmente, a companhia de origem taiwanesa presta esse tipo de serviço para empresas como Sony, Dell, HP e Apple. A expectativa é que a nova unidade da Foxconn entre em operação no fim do ano que vem, ou no começo de 2014.

É a primeira vez que a Foxconn compra um terreno para instalar uma unidade no Brasil. As outras sete fábricas da companhia no país funcionam em áreas alugadas. Segundo a assessoria de imprensa, a nova unidade não interfere no funcionamento das já existentes.

O investimento de R$ 1 bilhão faz parte dos US$ 12 bilhões que a companhia pretende investir no Brasil em até seis anos.

No parque industrial, haverá até cinco fábricas que irão produzir cabos, câmeras [para embutir em celulares/tablets], telas sensíveis ao toque, LED, placas PCB (placa de circuitos) e outros componentes utilizados na montagem dos eletrônicos.

Além da Foxconn II e da unidade de armazenamento Apple, na Anhanguera, a empresa mantém uma fábrica de peças para notebooks Dell na rodovia dos Bandeirantes, também em Jundiaí, uma integradora de computadores em Manaus e uma fábrica de peças para celulares, em Itaquaquecetuba, na região metropolitana de São Paulo.

Deixe um comentário