Corpo de Ary Fossen é sepultado sob aplausos

O corpo do deputado tucano e ex-prefeito de Jundiaí Ary Fossen foi sepultado sob aplausos no final da tarde de hoje no Cemitério Parque dos Ipês. Ary Fossen morreu na noite de quarta-feira, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Ele tinha 75 anos e, segundo seus familiares, estava internado há 10 dias para se tratar de uma pneumonia, em decorrência de um câncer com o qual lutava há alguns anos.

Ele foi prefeito de Jundiaí entre os anos de 2004 e 2008 e estava em seu terceiro mandato como deputado estadual. Também ocupou o cargo de vice-prefeito e secretário municipal de Finanças na administração de Walmor Barbosa Martins.

Ary Fossen nasceu em 12 de janeiro de 1937 e seu corpo foi velado por uma multidão no Velório Municipal Adamastor Fernandes, de onde seguiu em um caminhão do Corpo de Bombeiros  para o sepultamento no Cemitério dos Ipês.

O Município de Jundiaí decretou luto oficial.

O governador do Estado, Geraldo Alckmin, esteve n0 velório hoje e disse que a morte de Ary Fossen é uma grande perda pois o deputado foi um homem honesto que dedicou sua a vida a servir às pessoas. “Tenho uma relação de grande afeto com o Ary Fossen e a família. Estive ontem na UTI levando minha solidariedade a Maria Alice (mulher de Ary)”, disse o governador. “Nossos sentimentos e solidariedade à família, esposa, filhos e netos. Ary é um exemplo para os jovens”.

O prefeito Miguel Haddad disse que esteve com Ary Fossen há 15 dias tratando da instalação da USP Jundiaí. “Ary era uma pessoa que trabalhava por Jundiaí. Nós ficamos órfãos de um deputado estadual. Um homem com foco, um deputado ativo, atuante”.

Filho de ferroviário

Ary Fossen nasceu em Jundiaí, em 12 de Janeiro de 1937 (veja vídeo de campanha acima). Filho do ferroviário Arderico Fossen e de dona Gioconda Maria Calegaro. Na década de 30, veio com os pais das fazendas de café de Itatiba, para Jundiaí. A Vila Rio Branco foi parte do cenário de sua infância. Ali brincava com seus amigos e irmãos.

De acordo com sua biografia, ainda garoto Ary aprendeu que a vida não é fácil. “Via o pai enfrentar dupla jornada de trabalho para conseguir pagar o aluguel e sustentar a família. Isso deu mais força para que o pequeno Ary superasse os momentos de dificuldades”.

A vida escolar de Ary teve início no grupo escolar “Conde Parnaíba”, passou pela escola Normal (Dom Gabriel Paulino Bueno Couto) onde cursou o ginásio. Dedicou-se ao curso de Contabilidade, na Escola Padre Anchieta e, conclui seus estudos com a graduação em Economia, na Puc-Campinas.

Um baile de formatura do curso colegial selou o encontro de Ary e sua esposa Marialice Mohor. Da união, nasceram Marcelo Augusto (o mais velho, engenheiro mecânico e fiscal de renda), Josele (dentista) e Maurício, o caçula, (advogado e juiz de Direito). Tem cinco netos (duas meninas e três meninos).

A extensa carreira profissional de Ary Fossen começa no SESI, onde trabalhou durante 40 anos. Na instituição, passou pelos cargos de escriturário, encarregado de serviços, chega à assistente da Divisão de Controle Central e, finalmente promovido à responsável pela Delegacia do SESI.

30 anos de vida pública


O vídeo de campanha

Foi como Diretor da Fazenda do então prefeito, Walmor Barbosa Martins, que iniciou sua vida política. Depois, foi vice-prefeito de Jundiaí por duas vezes. A primeira na gestão Pedro Fávaro, de 1977 a 1982, e de 1997 a 1998 na gestão Miguel Haddad.

Foi idealizador e 1° Presidente da Fundação Municipal de Ação Social (FUMAS).Também foi Secretário de Administração e Secretário de Finanças do município, entre 1989 e 1992. Em 1998 foi eleito pela primeira vez deputado estadual atingindo a marca de 41.402 votos. Aos 65 anos, em 2002, chega ao seu segundo mandato como deputado estadual. Eleito com mais que o dobro de votos, 84.352 votos.

Na Assembléia foi presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar ,membro da Comissão de Cultura, Ciência e Tecnologia e membro da Comissão de Educação. Foi presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, no biênio 2000/2001. Foi escolhido, em 2002, pela ONG “Voto Consciente”, que fiscaliza as atividades parlamentares da Assembléia Legislativa, como um dos 11 melhores da Casa.

Foi grande amigo do ex-governador Mário Covas. Covas o incentivou no trabalho de homem público. Quando assumiu a primeira vez na Assembléia, Covas o convidou para ser secretário em seu Governo. Ary Fossen preferiu continuar o seu trabalho como deputado estadual e com o compromisso de ser o representante do povo que o elegeu, mas com parceria ao Governo do Estado que rendeu grandes realizões para a região da grande Jundiaí.

 Nas páginas do Facebook, muitos amigos deixaram mensagens ao deputado

[Ary Fossen tinha 5245 amigos no Facebook e postou apenas duas vezes no Twitter, onde tinha 109 seguidores].

“Saudades de Ary Fossen perdemos um grande Amigo que Deus conforte o corações dos familiares”. Edson Santos Carvalho.

“Hoje amanhecemos órfãos daqueles que zelou incansavemente pelos menos favorecidos. O céu está em festa com a chegada de mais um anjo”. Selma Moraes

“Perdemos um grande homem, um ótimo político. Com certeza fará muita falta, principalmente para nossa cidade. Meus sentimentos à família”. Renata Polli.

“Descanse em paz, meu amigo, Ary Fossen. Oremos por seus familiares”. José Antonio Parimoschi.

“Fiquei muito triste com a noticia. Ary Fossen era amigo da nossa família bem antes de entrar para a política e foi muita surpresa. Abraços para a familia e muita energia para Maria Alice”. Annette Guyot Lorencini.

“Nosso querido Ary foi morar com Deus, meus sentimento a família e que Deus dê muita força e conforto. Tenho certeza que ele está muito bem e olhando por nós…. Que Deus os abençoe….Maria Cláudia Lanza.

“Lamentamos a morte do Deputado Estadual Ary Fossen, que morreu na madrugada de hoje aos 75 anos. Ary era casado com Marialice Fossen e pai de três filhos. Nosso respeito e carinho aos familiares”. Henrique Parra Parra Filho.

“Para o Ary Fossen, educação estava em primeiro lugar. Que sirva de exemplo aos que pretendem superar sua obra”. Mauro Araujo Gut.

Veja mais mensagens na página de Ary Fossen no Facebook.

Deixe um comentário