Candidatos vão às urnas. Todos otimistas e confiantes

Os seis candidatos a prefeito em Jundiaí, Luíz Fernando Machado (PSDB), Pedro Bigardi (PSD), Ricardo Benassi (PPS), Ibiz Cruz (PTC), Marilena Negro (PT) e Paulo Taffarello (PSol) votaram logo pela manhã. Um dos primeiros a votar, o candidato Ricardo Benassi, esteve na Escola Bispo Dom Gabriel Paulino Bueno Couto, o Instituto de Educação. Ele fez questão de mostrar que está extremamente otimista quanto ao resultado e tem esperanças de chegar ao segundo turno. “Corri pela cidade inteira, conversei com muita gente, e tive um aprendizado enorme. Me sinto pronto e bastante otimista. Eu acredito que esteja no segundo turno e vou percorrer a cidade mais uns 15 dias, com muita disposição”. O atual prefeito, Pedro Bigardi, acompanhado da família, esteve no Colégio Conde do Parnaíba e afirmou que está muito satisfeito com o balanço do período de campanha, mostrando muito otimismo na reeleição. “Expectativa muito positiva, andamos muito na cidade, numa campanha curta, mas muito intensa. Percebi uma receptividade muito grande da população, carinho e estou muito otimista em vitória”. Sobre a situação da limpeza nas vias públicas, com poucos ‘santinhos’ esparramados nas ruas, Bigardi salientou que foi uma determinação de sua administração ficar atenta  à essa questão. O mais experiente dos candidatos, Ibis Cruz, apesar de estar figurando longe nas pesquisas, afirmou que ‘urna’ é caixinha de surpresa. "Eu sou testemunha disso, pois em 1972 diante de seis candidatos, fiquei em último na pesquisa e ganhei a eleição. Também comandei a campanha do Jânio Quadros em 1985, Fernando Henrique ganhou a pesquisa e o Jânio assumiu a prefeitura”, contou ele. Íbis  disse também que os debates eleitorais não abordaram muito a questão da administração municipal, mas deveriam ter focado em algumas questões como saneamento básico. "Algo que fizemos muito quando fui prefeito”, explicou. A candidata do PT, Marilena Negro, votou no Colégio Divino Salvador, e adiantou que se sentia tranquila em relação à campanha eleitoral. “Posso dizer agora que a missão foi cumprida, com campanha honesta, limpa e militante. Estamos com esta proposta de resgatar o Partido dos Trabalhadores e eu acho que isso a gente fez bem feito. Com poucos candidatos, mas candidatos potenciais e eu acho que teremos um resultado bom para gente manter nas urnas os votos suficientes para ter uma representação na Câmara Municipal e quem sabe surpreender  e chegar ao segundo turno”, salientou ela. O candidato do PSDB, Luiz Fernando Machado, também votou no Divino Salvador, às 10 horas, e mostrando muito bom humor,  afirmou que procurou discutir questões que envolvem a saúde pública, segurança, geração de emprego. “Promovemos uma discussão muito positiva e construtiva, nós temos ideias para administrar a cidade e nós temos alternativas para problemas que hoje são existentes. O resultado nós vamos aguardar com ansiedade, claro que nosso desejo é que se encerre no primeiro turno, mas nos sabemos a dificuldade em razão do volume de candidatos. Não tenho dúvida nenhuma que se as eleições não se encerrarem hoje, vamos para um segundo turno vitorioso com fé em Deus”. O candidato do PSOL, o professor Paulo Taffarello, votou na escola Clarismundo Fornari, no Rio Acima. Pedro Bigardi img_0398           Luiz Fernando Machado img_6007           Ibis Cruz img_6117           Ricardo Benassi (foto Daniel Poli) whatsapp-image-2016-10-02-at-2-15-13-pm           Marilena Negro img_5940           Paulo Taffarello taffarello1