Pronto Atendimento do Novo Horizonte deve sair pelo PAC2

O secretário de Saúde, Cláudio Miranda, conseguiu aprovar a construção da UPA (Unidade Pronto Atendimento) do bairro Novo Horizonte dentro do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2.

Segundo informou a assessoria de imprensa da Prefeitura, Miranda esteve em Brasília onde participou de evento que reuniu os secretários de Saúde de todo o País.

Também em Brasília conversou com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, para tratar da construção de novas unidades de saúde na cidade.

“A licitação deve ser aberta em breve e será realizada em regime especial, de maneira mais rápida, para que possamos entregar a obra ainda neste ano”, explicou o secretário de Saúde.

Segundo ele, a agilidade no processo foi autorizada pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

“Tive uma reunião com Padilha e assessores. A licitação será realizada dentro das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2.”

Ainda de acordo com Miranda, o Governo Federal vai arcar com um custo de R$ 2 milhões e a Prefeitura com R$ 1,4 milhão. Além disso, o município deve construir outras duas UPAs, em bairros ainda em estudo pela secretaria.

“Já encaminhamos o projeto ao Ministério da Saúde. Certamente, nos próximos 15 dias, eles serão aprovados.”

O secretário frisou que as UPAs são importantes para Jundiaí.

“Elas estarão em bairros estratégicos, para que internações rápidas e atendimentos de emergência sejam realizados. O nosso propósito é descentralizar o atendimento e desafogar o Hospital de Caridade São Vicente de Paulo.”

Outra novidade, de acordo com Miranda, é para a reforma e ampliação de Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município.

“Faremos visitas às unidades, na companhia de um engenheiro. Dessa forma, avaliaremos quais espaços precisam de manutenção. Depois disso, um projeto será feito e encaminhado ao Ministério da Saúde, que deve custear as reformas”.

Na foto, Vilhena, ministro Padilha e o secretário de Saúde, Cláudio Miranda. PMJ

Deixe um comentário