Voto Consciente apresenta pré-avaliação da Ficha Pública dos vereadores

O Movimento Voto Consciente Jundiaí apresenta nesta terça-feira, 19, a pré-avaliação do desempenho dos vereadores de Jundiaí na legislatura que se encerra e que será divulgada na Ficha Pública 2016, como ocorreu em 2007 e 2012.

Aberta ao público, a prévia servirá para que cada um dos parlamentares conheça os resultados apresentados pelos voluntários do Voto.

Segundo a voluntária do Voto Consciente, Claudia Muller, esses resultados, com as possíveis correções, ainda passarão por uma última conferência para que sejam, no final, publicados na Ficha Pública, que trará novamente o perfil de todos os candidatos locais às eleições.

O evento está marcado para as 19 horas na sede da Ordem dos Advogados do Brasil, à rua Rangel Pestana 636 (Centro).

Claudia Muller explica que a avaliação é uma forma de traduzir de maneira objetiva o trabalho dos parlamentares, com base no acompanhamento do Legislativo.

Esse trabalho é desenvolvido em diferentes frentes, tais como fiscalização do Executivo por parte dos vereadores, relevância dos projeto nas sessões, presença nas sessões e comissões permanentes, bem como sua atuação na internet.

De acordo com o Voto Consciente, a divulgação dos dados qualquer cidadão pode fazer sua análise, conhecendo o que cada legislador realizou ou não.

Para a análise dos projetos relevantes o Voto Consciente usa a metodologia da Transparência Brasil, organização independente e autônoma brasileira, que tem como principal objetivo a luta contra a corrupção no País.

Projetos de baixo impacto, como nomeação de ruas e logradouros e inclusão de eventos no calendário municipal não são contabilizados.

Os projetos claramente ilegais apresentados durante as sessões também são considerados irrelevantes, por não estarem de acordo com o que estabelece a Constituição Federal.

A elaboração da avaliação do desempenho dos vereadores segue os mesmos critérios utilizados pelo Voto Consciente São Paulo.

Sua base parte da premissa de que, não sendo possível avaliar “qualitativamente” os projetos, dado o alto grau de subjetividade envolvido no processo, traduz o trabalho da Câmara em termos de eficiência nos eixos transparência e mérito legislativo.

Uma das principais dificuldades continua sendo, segundo a equipe de voluntários do Voto Jundiaí, a falta de registros das reuniões das comissões permanentes.

Movimento Voto Consciente

O Movimento Voto Consciente Jundiaí foi criado com o objetivo de incentivar e desenvolver ações de promoção da cidadania e de inclusão social, especialmente por meio do acompanhamento do Legislativo, ações de educação política e articulação entre os setores privado, público e cidadão, para o fortalecimento de canais e espaços de participação e incidência em políticas públicas.

Leia também

Voto Consciente faz brechó para arrecadação de dinheiro para o Ficha Limpa

Deixe um comentário