Acervo completo sobre a Companhia Paulista ficará no Complexo Fepasa

O acervo completo sobre a Companhia Ferroviária Paulista ficará instalado nas Oficinas da Companhia em Jundiaí.

Na manhã desta terça-feira, 24, representantes do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil se reuniram com a gestora de Cultura, Vasti Ferrari, e com a diretora administrativa do Complexo Fepasa, Adriana Faccioni, para formalizar a doação da segunda parte do acervo, uma vez que a primeira já está exposta no complexo.

De acordo com Adriana, trata-se de peças e documentos que contam toda a história da Companhia Ferroviária Paulista.

“Essa segunda parte do acervo ficará guardada em São Paulo por um prazo de no máximo um ano, até que a restruturação que planejamos para o Complexo Fepasa esteja completa e o espaço possa abrigar todo o material, que é extenso”, explicou.

Ainda segundo a diretora, a administração do Complexo Fepasa trabalha atualmente no desenvolvimento de projetos que visam captar recursos para restauração do 1º Quadrante do prédio (parte que fica em frente à avenida União dos Ferroviários).

“A ideia é obter recursos por meio da Lei Rouanet”, completou.

Estiveram em Jundiaí para participar da reunião na Casa da Cultura o presidente da Comissão Nacional de Bens Móveis, Utensílios, Equipamentos, Máquinas, Locomotivas e Vagões, Aldivan Motta Barbosa; além de Luiz Carlos Marcondes e outros representantes da Unidade de São Paulo da Ferrovia Paulista.

LEIA TAMBÉM
Projeto urbano e de uso das Oficinas da Paulista está pronto para consulta
Complexo Fepasa dá início a troca de telhado de Oficinais da Paulista

Deixe um comentário