Chupa que é de Uva faz esquenta exclusivo e quer desfilar na 9 de Julho

Em meio à polêmica do local de desfiles do Carnaval e regras para os blocos, acontece neste sábado, das 17 às 23 horas, o esquenta do maior bloco da cidade, o Chupa que é De Uva, uma parceria entre o apresentador do Programa Zoom e fundador do bloco de Carnaval, Val Jr, e a publicitária Natália de Marco, criadora da Feira Le Chef a Pé.

Diante da repercussão negativa do rígido esquema de segurança e regras para os blocos de Carnaval divulgada pela Prefeitura, Política Militar e Juizado de Menores, Val Jr pede aos simpatizantes do bloco que não ocupem a avenida 9 de Julho neste sábado e lembra que o esquenta é um evento exclusivo para quem já comprovou convites — e todos os ingressos já foram vendidos.

“Eu estou negociando com as autoridades a liberação da avenida 9 de Julho para o desfile do Chupa que é de Uva. E, por isso, estou pedindo para as pessoas que não tem ingresso não irem na frente do Le Che a Pé para não tumultuar. Não quero passar uma imagem negativa do carnaval dos blocos”, disse Val Jr (foto).

O Chupa que é de Uva nasceu na região do Parque do Colégio e a avenida 9 de Julho é seu ambiente natural. São esperadas aproximadamente 30 mil pessoas no desfile deste ano, mas as autoridades municipais e a Polícia Militar dizem que a avenida não poderá ser usada — uma contradição, uma vez que outras manifestações acontecem normalmente na avenida, que é um ícone da cidade.

“E 9 é a região mais moderna, com vias paralelas, muitas ruas que cortam. Sem falar na avenida Jundiai que passa por cima.  Cada bloco tem sua história, sua origem, o seu ninho, o nosso esta região do Parque do Colégio…”

A proposta da Polícia Militar, é que o Chupa que é de Uva desfile na avenida prefeito Luiz Latorre, onde tradicionalmente acontecem os desfiles das escolas de samba — cancelados este ano.

“Querem nos isolar no final da Latorre, onde só tem mato. As pessoas querem desfilar no lugar onde se sentem bem”.

A situação fica ainda mais delicada de resolver porque a Prefeitura tem um acordo com os organizadores do esquenta para arrecadar verbas que serão destinadas a entidades de assistência social. O evento acontece em parceria com a Unidade de Agricultura, Abastecimento e Turismo e o Fundo Social de Solidariedade (Funss).

Os primeiros mil foliões que entregarem um quilo de alimento não perecível ganharão um picolé de fruta.

A arrecadação será revertida à campanha permanente do Funss, que desenvolve ações sociais e cursos de qualificação profissional para as pessoas que mais precisam.

De acordo com a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Vanessa Machado, a iniciativa é muito importante para o trabalho desenvolvido nesta nova gestão:

“Precisamos reforçar o estoque de alimentos para, em caso de alguma emergência, conseguir agir com maior rapidez. Nesta época do ano é muito comum a ocorrência de chuvas fortes. Nossa maior preocupação, neste momento, é com as famílias que vivem em áreas de risco e podem ser afetadas por deslizamentos e ou enchentes, por exemplo”.

A festa contará com a presença da banda Trio em Transe, entre outras atrações como apresentação circense, piscina de bebidas, bolhas de sabão, lounge VIP em homenagem à Inos Corradin, maquiadores, customização de camisetas, food trucks, e outros.

Val Jr garante que a luta para liberar a avenida 9 de Julho para o Chupa que é de Uva vai continuar.

“A graça dos blocos é invadir a cidade, trazer a festa para o espaço público”.

 

Esquenta do Chupa que é de Uva

Local: Av. 9 de Julho, atrás do posto Bate Bola.

Ingressos esgotados (não haverá venda no local)
A programação você acompanha pelas postagens nas redes sociais da Le Chef a Pé, do Chupa e também pelo evento oficial: https://business.facebook.com/events/1290140447709249/