Colors Sound System e La Roommm levam música eletrônica pra Ponte Torta

Neste domingo 18 de junho a partir das 14 horas acontece mais uma edição da ocupação cultural “Ocupa Ponte Torta”. Desta vez a mostra será de Música Eletrônica apresentada por dois importantes núcleos da cidade.

Os veteranos do Colors Sound System (DJs Captain Wander e Jota Wagner) com 20 anos de carreira e que juntos somam centenas de apresentações pelo Brasil, cinco tournées pela Europa e músicas lançados por importantes selos europeus e americanos do gênero como Lovemonk (Espanha), Blunted Funk e Tango (Estados Unidos) se juntam com a “nova safra” La Roommm (DJs Afterlife e Jota Leão), que há dois anos vem despontando como os novos representantes das vertentes mais contemporâneas da House e Techno.

Os DJs vão presentear o público da cidade com a primeira “pista de dança” ao ar livre dedicada somente aos beats eletrônicos.

Leve positividade, vontade de dançar o novo. E calor humano, doando um agasalho

Para completar o line-up os núcleos também convidaram os DJs Denis Augusto (Festa Bass de Campo Limpo) e PK Live (Unik ID de São Paulo). Dois importantes DJs atuantes da região representantes do estilo Progressive.

Segundo o DJ Captain Wander, a ideia surgiu após o Colors Sound System descobrir que este jovem núcleo dos DJs Afterlife e Jota Leão já estarem atuando de forma super competente na cidade:

”Então, como já estávamos envolvidos com o pessoal da Ponte Torta, convidados o La Roommm com o intuito de união e colaboração com a cultura local participando desta importante iniciativa cultural que é o Ocupa Ponte Torta”.

O objetivo deles é tocar gratuitamente para os cidadãos de Jundiaí e região, mostrando ao público interessado na cultura de música eletrônica que a cidade também tem artistas muito dedicados e atuantes, e desta forma fomentar e consolidar ainda mais uma cena forte deste segmento musical.

“Com esta troca de experiências, pra esta edição por indicação da La Roommm, convidamos os DJs Denis Augusto (Bass de Campo Limpo) e PK Live (Unik ID de São Paulo) dois artistas que também ‘arregaçam as mangas’ e tem feito um trabalho bem assertivo na região. O projeto será manter edições regulares e convidar ainda mais artistas”.

DJ Captain Wander fala de sua motivação:

“Com o nosso tempo de estrada, conhecemos grandes DJs nacionais que se tornaram nossos amigos e que já se mostraram bem interessados em participar desta movimentação, porque ocupações culturais legítimas como esta despertam o interesse e a vontade de ajudar de qualquer artista que sabe o valor da cultura na evolução e educação das pessoas, bem como a importância de valorizar e usar os espaços públicos como forma de promover interação entre os cidadãos e a cidade”.

Wander, que tem uma experiência internacional e sabe a importância das manifestações nas ruas e praças das cidades, acredita que todos ganhem com esse tipo de evento.

“Experiências culturais como esta dão certo em vários lugares no mundo. E com Jundiaí não é diferente. A explosão cultural de forma colaborativa que a cidade vem mostrando nos últimos anos é maravilhosa e só tem a aumentar. Ainda mais porque estas movimentações orgânicas já mostraram para administração da cidade que isso é muito positivo e agrega valor cultural aos espaços. Eu acredito e espero que cada vez mais a Secretaria da Cultura (agora chamada Unidade de Gestão) irá abraçar e ajudar cada vez mais iniciativas como esta”.

Para ele, a experiência será enriquecedora.

“Estamos muito animados e prometemos uma experiência de pista de dança eletrônica ao ar livre muito enriquecedora para todos. Público, artistas e cidade juntos curtindo um domingo de música e cultura. Afinal é uma troca e só acontece com interação e energia positiva de todos”.

Wander lembra que é importante chegar cedo logo no início para dançar ao som de todos os DJs. Até mesmo porque o line-up será formado como uma grande história a ser contada por todos os DJs durante todo o evento. E também porque a festa acaba pontualmente às 21h29.

“Sempre bom pedir também a colaboração de todos respeitando o direito e as diferenças do próximo, colocando o lixo no lugar certo, e como o frio já está aí doando um agasalho em bom estado. Estaremos coletando para logo após o evento entregar nos postos de coleta responsáveis”.

Foto by Lucas Castroviejo