A Orquestra Filarmônica Bachiana do SESI São Paulo se apresenta neste domingo, 22, no Parque Comendador Antonio Carbonari (Parque da Uva), a partir das 11 horas, sob a regência maestro João Carlos Martins, com entrada gratuita.

A apresentação é parte do projeto Encontros no Parque, que uma vez por mês traz ao Parque da Uva concertos de música erudita.

No o repertório, obras de Bach, Boccherini, Brahms,Tchaikovsky, Brubeck, Mateus Araújo e Morricone.

A Orquestra Filarmônica fez seu primeiro concerto em 2004, na Sala São Paulo. Depois disso, apresentou-se em diversas cidades do Brasil e no exterior.

Em 2006, o maestro João Carlos Martins fundou a orquestra Bachiana Jovem, que tinha por objetivo trabalhar na evolução musical de jovens musicistas e, ao mesmo tempo, democratizar a música clássica apresentando-se para pessoas que jamais tiveram acesso às salas de concerto.

Há dois anos, as duas orquestras fundiram-se, formando hoje a Bachiana Filarmônica SESI – São Paulo, um grupo formado por 25 profissionais que são orientadores de 45 jovens musicistas e foi adotada pelo SESI de São Paulo.

O maestro

Poucos músicos brasileiros alcançaram o patamar de João Carlos Martins. Considerado um dos maiores intérpretes de Johann Sebastian Bach, teve como um dos pontos altos de sua carreira a gravação da obra completa para teclado deste gênio da música.

Logo após, devido a uma distonia muscular, doença que tem como uma das características a perda dos movimentos das mãos, teve que abandonar a carreira de pianista, canalizando para a regência sua paixão pela música. A história de vida e de superação do músico serviu de inspiração para documentários nacionais e estrangeiros.

Depois de passar por uma cirurgia no cérebro para a colocação de um estimulador para reverter os efeitos da doença, o maestro de 71 anos, se apresentou pela primeira vez no sábado, 28 de abril, na Sala São Paulo, na capital paulista.

Emocionado afirmou: “Hoje é a 1ª vez, depois de 9 horas de cirurgia, que posso tocar com a Bachiana.”, revelou com a voz embargada enquanto o público o aplaudia de pé.

O maestro também falou de sua alegria de poder tocar piano novamente. “Depois de 10 anos, vou poder encostar os dedos no teclado do piano”.

Parque Comendador Antonio Carbonari


View Larger Map

Deixe um comentário