Krocodilla é o mais novo nome da cena Hardcore local

Por Bruno Galiego

A cena Hardcore Punk local ganhou um grande reforço que promete rachar muitos cotovelos nos próximos rolês. A galera da Krocodilla chegou do nada lançando o EP “MMXVII” (2017 em algarismos romanos), que conta com seis faixas rápidas, agressivas, com letras muito bem elaboradas e uma uma melodia oculta. 

Apesar de estar aparecendo somente agora, a Krocodilla estava entocada nos ensaios e no planejamento da EP desde 2015. A banda é formada por membros e ex-membros de bandas conhecidas da cena: Disordia, O Gosto do Nojo e o extinto Inesperado. Se Steve Irwin estivesse vivo, teria sérios problemas com Vinicius Marques (vocal), Fillipe Furlan (guitarra), Renan Sales (guitarra), Matheus Eto (bateria) e Felipe Furlan (baixo). 

 

O processo de criação das canções foi lento, a paciência foi a chave mestra do trabalho. Porém, isso facilitou e deu rapidez às gravações.

“Criamos e recriamos diversas vezes as músicas, e quando finalmente fechamos todas as composições, fomos gravar. O processo dentro do estúdio durou exatamente cinco dias, que foi muito rápido para seis músicas. Isso foi resultado de muito ensaio e paciência que tivemos lá no início”, explicou Fillipe Furlan. 

A gravação da obra rolou no Estúdio Toth, em Guarulhos. 

A Krocodilla fará sua estréia no dia 30 de junho, a partir das 21h, no Aldeia Rock Bar, junto com os locais Boca de Lobo, os goianienses do Lobinho e os 3 Porcão e os paulistanos do Bullet Bane. Fique por dentro do evento

Bom, agora ouça “MMXVII” no volume máximo: 

https://krocodilla.bandcamp.com/ 

 

Foto de abertura por João Paulo Piska

Deixe um comentário