No Jazz & Blues do Sesc tem Lourenço Rebetez e Nikki Hill

No festival de Jazz & Blues do Sesc é a vez do guitarrista e arranjador brasileiro Lourenço Rebetez e da cantora norte-americana Nikki Hill.

A combinação da energia jazzística com os toques de candomblé e dos blocos afro-baianos foi a inspiração para ‘O Corpo de Dentro’ – álbum de estreia do compositor, arranjador e guitarrista Lourenço Rebetez, produzido por Arto Lindsay.

O músico entra no palco do teatro do Sesc, nesta sexta-feira (11) às 20h30, dentro da programação do festival de Jazz & Blues.

O show traz ao palco uma orquestra de seis sopros (trompetes, saxofones, trombones); três percussionistas (atabaques, timbaus, surdos virados, caxixis); e sessão rítmica (piano, baixo acústico e bateria). Tratam-se de composições jazzísticas profundamente ligadas às matrizes rítmicas afro-brasileiras.

Liderado pelo mestre Gabi Guedes, o trio de percussão vem somar aos arranjos ritmos como opanijé, aguerê, ijexá, samba-reggae, samba afro, vassi e bravum, que juntos à cozinha potente de Leandro Cabral, Bruno Migotto e Vitor Cabral formam os grooves enérgicos de ‘O Corpo de Dentro’.

Dia 11. Sexta, 20h30

Nikki Hill

Em sua formação, Nikki Hill frequentou o coro de uma igreja com forte presença de R & B e Rumble Garage Rock, influenciando diretamente no desenvolvimento vocal da cantora. Ela entra no palco do teatro Sesc às 22h30 desta sexta.

Mas foi por influência de seu marido, o guitarrista de blues Matt Hill, que Nikki começou a cantar. Ela então deixou seu trabalho como garçonete em um bar e deu início a uma carreira como intérprete de rock e blues, com influências que vão de Little Richards e Chuck Berry a Otis Redding, Johnny Thunder e Amy Winehouse.

Em 2015, Nikki lançou seu último trabalho, ‘Heavy Hearts, Hard Fists’, que é uma boa mostra da versatilidade de Nikki, seja pela arrogância debochada de ‘Struttin’ ou pela balada comovente ‘Nothin’ With You’.

Dia 11. Sexta, 22h30

Teatro | 220 lugares |

Comments are closed.