Prefeitura discute revitalização e ocupação do Complexo Fepasa

O prefeito Luiz Fernando Machado se reuniu, na tarde desta segunda-feira (6), com os gestores Vasti Ferrari (Cultura), Silvestre Ribeiro (Mobilidade e Transporte) e Sinésio Scarabello (Planejamento e Meio Ambiente), além do comandante da Guarda Municipal, Cláudio Ferigato, e de técnicos da Prefeitura para discutir os projetos de revitalização e ocupação do Complexo Fepasa.

Na ocasião, o chefe do Executivo destacou a importância de olhar para o Complexo como um conjunto e não como unidades separadas. “Isso vai evitar a descontinuidade de ações e a consequente deterioração do espaço”, afirmou.

Luiz Fernando determinou que seja iniciado um estudo – sempre levando em conta os aspectos técnicos – que permita aproximar a população do Complexo Fepasa. “Vamos trabalhar para aumentar a integração do espaço com a cidade. Esse sentimento de pertencimento precisa ser criado na população. Quem ocupa também preserva”, ressaltou.

Durante a reunião, técnicos da Unidade de Planejamento apresentaram detalhes de projetos de restauração aprovados pelo Instituto do Patrimônio Artístico Histórico e Cultural (Iphan) e que já podem ser implementados. “Estamos negociando parcerias público-privadas e também com o Governo do Estado para dar continuidade a esses projetos, a fim de abreviar o tempo de recuperação do local”, adiantou Vasti.

A reunião definiu, ainda, as prioridades do processo de recuperação do Complexo Fepasa. “Já acertamos com a Unidade de Serviços Municipais uma limpeza geral para a próxima semana”, disse a gestora de Cultura. Reparar o teto e o piso do local também estão entre as ações imediatas que serão realizadas.

O prefeito Luiz Fernando Machado, em sua primeira entrevista ao Oa depois de eleito, já demonstrava uma atenção com o Complexo Fepasa. Na ocasião ele disse que pŕetendia buscar informações a respeito dos projetos já existentes para o local.

“Se o Complexo Fepasa estivesse na Europa as pessoas estariam pagando 60 Euros para entrar e visitar”, disse ele na época.

Veja entrevista completa

Para Luiz Fernando, a vez do futuro é a vez da sintonia com a sociedade
E sobre o Complexo Fepasa, disse que gostaria de ver o lugar melhor aproveitado. Nossa equipe contou a ele de um projeto que já existe feito pelo escritório Brasil Arquitetura e apresentado pela atual Secretaria de Planejamento.

“Não conheço, vou procurar a secretária de planejamento para me informar sobre isso”.

 

LEIA TAMBÉM
Projeto urbano e de uso das Oficinas da Paulista está pronto para consulta
Complexo Fepasa dá início a troca de telhado de Oficinais da Paulista
Acervo completo sobre a Companhia Paulista ficará no Complexo Fepasa