O prefeito Pedro Bigardi, em nome da Prefeitura de Jundiaí, encaminhou nesta terça-feira (8) um ofício à Superintendente da Fundação Patrimônio Histórico da Energia e Saneamento, Rita Martins.

No comunicado, o prefeito reitera o interesse da Prefeitura em auxiliar na manutenção e no funcionamento do Museu da Energia de Jundiaí, que está previsto para ter as atividades suspensas no próximo sábado (12).

“O documento tem como objetivo entender os motivos desta suspensão e tentar revertê-los. Os jundiaienses se manifestaram a favor da continuidade das atividades”, diz o prefeito.

A Prefeitura busca parcerias para a criação de políticas públicas, que promovam a salvaguarda da memória da cidade. “Os trabalhos do Museu da Energia são fundamentais para as ações culturais e educacionais. As atividades da Fundação unificadas com a Prefeitura podem garantir que o museu continue a atender sua missão em nossa cidade e toda região”, afirma Bigardi.

A Prefeitura está aguardando o contato da Fundação para viabilizar trabalhos pedagógicos e culturais neste espaço de sociabilização e de difusão de conhecimento.

O Museu está instalado em um edifício industrial construído na década de 1920 para abrigar uma subestação de energia elétrica.

Além da exposição de fotografias sobre questões importantes da atualidade, como o consumo sustentável da energia e a segurança das redes elétricas, o museu dispõe de um auditório com equipamentos multimídia, uma loja e um espaço para eventos especiais.