Shows, eventos, exposições. Motivos para sair de casa de 21 a 25 de junho.

Jundiaí mostra ser uma cidade ativa e com opções para todos os gostos e idades, inclusive muitas delas gratuitas. Use seu extenso roteiro para se informar e enriquecer seu tempo de descanso e convívio. Assinale seus interesses para uma possível agenda e bom proveito.  

Uma das coincidência da semana, ao lado de grandes shows, peças e eventos, é o forte circuito de exposições. Hoje tem o tradicional festival Ocupa Ponte Torta, que desde dezembro de 2015, sempre no último final de semana do mês é palco de artistas independentes. O grupo Crua se apresenta a partir do meio dia no Espaço Cultural Barravento. No Sesc tem teatro com O Menino e a Cerejeira, reggate no Bar do Haules e Pagode do Villa, a partir das 20 horas no Villa Pizza Bar e muito mais.

Este roteiro (de 20 a 25 de junho) é atualizado diariamente no caso de informações novas.

Terça (20)

As bandas Bike´n Roll e Vitrola são atração dupla a partir das 21 horas no Yellow Pubmarine (rua João Batista Curado, 80, Beco Fino, Parque do Colégio).

Banda Vitrola (Divulgação)

O filme Casa Grande, de Felipe Barbosa, é atração das 20 horas mostrando um rapaz que precisa encarar a realidade depois que sua família de elite carioca vai à falência. No Sesc Jundiaí (avenida Antonio Frederico Ozanan, 6.300, Ponte de Campinas). Grátis.

O cinema israelense de Delicada Relação é atração das 19h30 no Sesi Jundiaí (avenida Antonio Segre, 695, Ponte de Campinas) onde o diretor Eytan Fox conta dos conflitos em uma atração afetiva entre dois soldados do Exército. Grátis.

O Arraiá do Maria acontece a partir das 20 horas com as bandas Forró 22 e Peixe Elétrico no bar Maria Cachaça (avenida Nove de Julho, 1551, Vila Boaventura, Largo São Jorge).  

O humor “stand up” de Marcelo Marrom é atração das 20h30 no Villa Pizza Bar (rua São Francisco de Assis, esquina com avenida Nove de Julho, Anhangabaú).

A Texto & Tessitura é uma conversa gratuita às 18 horas com Gustavo Diniz, licenciado em letras pela USP, no café da Livraria Locomotiva (rua São Bento, 240, Largo São Bento, Centro).

A Conexão no Botequim reúne a partir as 20 horas nomes como Pele Rara, Bruno do Cavaco, Pinto e Robson & Alex no Aldeia Bar (rua do Retiro, 279, Anhangabaú). A R$ 20 para homens e R$ 10 para mulheres.

O polêmico projeto da Lei de Rojões é o destaque do dia na sessão das 18 horas da Câmara Municipal (rua Barão de Jundiaí, Esplanada Monte Castelo, Centro).

A Inclusão Cidadã da Pessoa com Deficiência é a palestra das 19 horas promovida pela OAB – Ordem dos Advogados do Brasil – no salão do júri do Fórum (praça Tibúrcio Estevam de Siqueira, Largo São Bento, Centro) com o advogado Carlos Alberto de Oliveira, ex-gerente do Trabalho e Emprego de Jundiaí. Grátis.   

O Projeto Guri apresenta a sessão de encerramento de semestre de seus jovens músicos às 19 horas no Teatro Polytheama (rua Barão de Jundiaí, 176, Esplanada Monte Castelo, Centro). Grátis.

A Feira de Orgânicos da DuPé acontece a partir das 16 horas na Nação Verde (rua do Retiro, 510).  

Quarta (21)

O Madrigal e Ensemble da EMJ, da regente Elisseia Duarte, mostram obras musicais como de Monteverdi ou Tartini. A partir das 20 horas na Escola de Música de Jundiaí (rua Prudente de Moraes, 1276, Largo do Chafariz, Centro). Grátis, com contribuição voluntária para projeto de música e cidadania.

O Trio Macaíba, durante gravação com Hermeto

O Trio Macaíba é atração gratuita das 20 horas, depois de Noruega, Portugal, França e Inglaterra, com o forró de raiz dos professores de Tatuí na sanfona e voz (Beto Correa), na zabumba e voz (Cleber Almeida) e no triângulo e voz (Ramon Vieira). Na área de convivência do Sesc.

A dança de Diversité é a montagem da academia Fernanda Marcansolo a partir das 20h no Teatro Polytheama (rua Barão de Jundiaí, 176, Esplanada Monte Castelo, Centro). A R$ 25 e R$ 20 para galeria.

A banda Children of the Beast é atração com Iron Maiden às 22h no Yellow Pubmarine (rua João Batista Curado, 80, Beco Fino, Parque do Colégio).

Uma Roda de Mantras é uma opção alternativa às 20 horas no Prem Sammasati (avenida Henrique Andrés, 169, Largo do Cemitério).

A banda Quatro Caras e Meio toca hoje, a partir das 20 horas no Quarta Live Music Rock ‘n Roll do Wiener.

A banda Montana toca a partir das 21 horas no Café Racer (rua Itália, 19, Jardim Cica).

O grupo de samba Panela Preta toca a partir das 21h no Maria Cachaça (avenida Nove de Julho, 1551, Vila Boaventura, Largo São Jorge). A R$ 8.

O Recanto da Viola é um ponto de conversas do antigo cenário caipira a partir de 18h no Bar do Casarini (rua Paulista, s/n, Vila Rio Branco).

 

Quinta (22)

A tradicional e jundiaiense Banda São João Batista faz às 20 horas o seu Concerto de 60 Anos, com convidados especiais como a bateria da Escola de Samba União da Vila. Vai ser no Teatro Polytheama (rua Barão de Jundiaí, 176, Esplanada Monte Castelo, Centro). Grátis, com doação de um litro de óleo ou um leite longa vida para os vicentinos.

A cantora Telma Costa abre os encontros musicais que acontecem a partir das 19 horas nos trinta anos da lanchonete Natura (rua Silva Jardim, 183, Vianelo). Grátis.

A “disputa” de divas Britney x Gaga é o tema a partir das 21 horas do novo evento do Quinta Livre (avenida São Paulo, 43, Vila Arens) com os DJs Piggy e convidados Koch e Alice, do Rolezeira. A R$ 15 ou R$ 10 na lista.

O Dia dos Idosos é um programa especial do “Cá Entre Nós” no Sesc Jundiaí com a dança do esporte de idosos do Sesc e Sesi às 9h30, o Maracatu Jundiaí com Criju às 9h40, desafio das cidades às 10h30, jogo de câmbio às 11h, os palhaços da Cia. Duosmininus às 13h30, a Máquina de Poemas às 12h e 14h30, a oficina de Origami às 11h e 14h30, a oficina de Chaveiro às 11h e 14h30, a oficina de chás com Jane Grébia às 11 e 14h30 e a oficina de brincadeiras populares às 14h30. E mais um grande show dançante às 16 horas com Lilian Jardim e Banda. Grátis.

As fotos da exposição Intolerância no Ambiente Urbano marcam o lançamento do Núcleo de Estudos Afrobrasileiros e Indígenas a partir as 17 horas, com palestras, no IFSP – Instituto Federal de Educação de São Paulo (avenida Dr. Cavalcanti, 396, Complexo Argos). Grátis.

Em Felicidade Clandestina, o conto homônimo de Clarice Lispector (foto) é abordado em bate papo às 15 horas por Gustavo Faria, licenciado em letras pela USP, em evento gratuito no café da Livraria Locomotiva (rua São Bento, 340, Largo São Bento, Centro).

A Música do Chef acontece às 20 horas com Tom Nando no restaurante Koh Samui (avenida Nove de Julho, 2001, Praça Arnaldo Levada, Bela Vista).

O guitarrista Fernando Gambini é atração às 21 horas no Café Racer (rua Itália, 19, Jardim Cica).

O Kazamatta Acústico toca pop e rock com Rubinho e Alexandre a partir das 19h no Boteco Compadi (rua Brasil, 180, Vila Arens). Grátis.

A banda Volterra leva rock´n roll a partir das 19h30 para o Moska Tatoo & Beer (rua Atílio Vianelo,37, em frente à Ponte Torta). Grátis.   

O Arraiá da Quintaneja acontece às 22 horas na Summer (rua Culto à Ciência, 220, Parque do Colégio).

A dupla sertaneja Ryan & Axel (foto) toca a partir das 21 horas no Maria Cachaça (avenida Nove de Julho, 1551, Vila Boaventura, Largo São Jorge). A R$ 15.  

A música do Compacto´s Helry rola a partir de 21h30 no Villa Pizza Bar (rua São Francisco, esquina com avenida Nove de Julho, Anhangabaú).

A banda Big Party e Las Vegas é a atração das 22h30 no Yellow Pubmarine  (rua João Batista Curado, 80, Beco Fino, Parque do Colégio).

A Quarta Pode! Sertanejo acontece a partir de 19 horas no Villa Pizza Bar (rua São Francisco, esquina com avenida Nove de Julho, Anhangabaú).

  

Sexta (23)

A peça Caminham Nus Empoeirados com texto e direção de Gero Camilo com Luísa Pinto, é atração da Cia. Na Casda às 20 horas no teatro do Sesc (avenida Antonio Frederico Ozanam, 6.300, Ponte de Campinas). A R$ 17 a inteira.

Os Festejos Juninos são a festa típica que a Prefeitura e a comunidade de jovens da Catedral Nossa Senhora do Desterro realizam a partir das 17 horas no Largo da Matriz (na praça Marechal Floriano Peixoto, antiga praça do Coreto). Com abertura de Daniel Franciscão e Marina Ebbecke e o show das 19h, Junior da Violla Experience com “Do Tietê ao Mississipi” mesclando viola caipira com blues dentro do festival “O Som das Cordas”.

O Coral Jovem do Estado traz às 20h um panorama de música medieval e renascentista com a presença de clavicímbalo de Corina Marti, viola de gamba de Mário Orlando Guimarães e dulciana de Hiram Santos, tudo regido por Tiago Pinheiro. No Teatro Polytheama (rua Barão de Jundiaí, 176, Esplanada Monte Castelo, Centro). Grátis.

O som do grupo Vento em Madeira é atração com lotação esgotada a partir das 20 horas no Espaço Dodecafônico (rua Rodrigo Soares de Oliveira, 386, Anhangabaú).

O músico Supla é a atração no Aldeia Bar (rua do Retiro, 279, Anhangabaú), que abre às 21 horas com a abertura de Cabeça de Mamute em tributo aos Titãs. A R$ 10 até 23h.

O Arraiá do CJ começa às 19 horas com vinte barracas de instituições na sede de campo do Clube Jundiaiense (rodovia Vereador Geraldo Dias, Parque Centenário). A R$ 50 para convidados homens, R$ 20 para convidadas mulheres e R$ 10 para oito a doze anos de idade.

O Baile do Amaral é atração das 23 horas com o funk do DJ Hael e DJ Lup no Back Room (rua Marechal Deodoro, 250, Centro). A R$ 15 ou com desconto do Haules.

Os sertanejos Wagner Francis, Fábio Toledo e Andreia Silva com o DJ Kadinho no segundo ambiente são atrações a partir das 22 horas na Mansão Sertaneja (avenida São Paulo, 43, Vila Arens). Grátis na lista do evento.

O bailão diferenciado do Rudy Show, há oito anos em cartaz na cidade com trilha de Tim Maria e Beatles a Elvis Presley e Creedence, volta às 20 horas no Clube Juventus (travessa Mazzalli, 101, região do Jardim Cica). A R$ 15 e R$ 10 para mulheres.  

A banda Pop of Mind é atração das 22h30 no Yellow Pubmarine (rua João Batista Curado, 80, Beco Fino, Parque do Colégio).

A banda Alphaville é atração do baile dançante das 21 horas no Grêmio da Companhia Paulista (rua Rangel Pestana, 336, Centro).

A banda Lokalte leva rock nacional a partir das 21 horas ao Café Racer Rock Bar (rua Itália, 19, Jardim Cica).

Os Encontros Musicais acontecem a partir das 19 horas na lanchonete Natura (rua Silva Jardim, 183, Vianelo). Grátis.

O grupo pop Bangalô toca às 21h no bar Maria Cachaça. A R$ 8.

A banda dançante Studio 54 toca a partir de 21h30 no Villa Pizza Bar (rua São Francisco, esquina com avenida Nove de Julho, Anhangabaú).

A banda Destaque anima o forró das 20 horas no Clube Veteranos de Jundiaí (avenida Francisco Pereira de Castro, 663, Anhangabaú). A R$ 10.

A Constelação Mãe e Filha é uma atividade feminina alternativa a partir das 19 horas na Casa Arauá (rua Petronilha Antunes, 29, Bela Vista). A R$ 71.

O Arraiá do Bendito tem a dupla sertaneja Bruna e Alexandre Faria a partir das 20 horas no Bendito (avenida Francisco Nobre, 1031, Loja 16, Jardim Sarapiranga, Medeiros).
O samba do Mistura Pronta está das 19h às 01h, com Junior SJay nos intervalos, no Clube 28 de Setembro (rua Petronilha Antunes, 363, Centro).

A Estranhos Registros é a exposição avançada do artista visual Estranho que está em cartaz a partir das 17 horas de quinta a sábado na Urban TapHouse & Brew Shop (rua Conrado Offa, 518, Chácara Urbana).

Os artistas visuais Imortal e Insane revezam trabalhos de ambiente interno de terça a sexta das 9 às 17 horas e aos sábados de 9 a 12 horas no corredor da Jundiaí Classic Tattoo (rua Boaventura Mendes Pereira, 71, Largo dos Andradas, Centro).

As exposições da Pinacoteca Diógenes Duarte Paes podem ser vistas de terça a sexta das 9 às 17 horas e de sábado e domingo das 9 às 16 horas, incluindo artistas como Inos Corradin, Alex Roch e Guilherme de Faria. Grátis.

As exposições Entreato e Retratos Animalescos, do escultor Paulo Bordhin e do fotógrafo Renato Moricani, podem ser vistas de terça a sexta das 7 às 21h e sábado e domingo de 9 a 16 horas. No Sesi Jundiaí (avenida Antonio Segre, 695, Ponte de Campinas). Grátis.

Um dos trabalhos de O Grivo

A exposição O Grivo – “Objetos de Medida”, no Sesc. Uma incrível arte de objetos mecânicos que também criam sons, que já estiveram em bienais e surpreendem pelas formas e pelos cálculos. Terças a sextas (das 10h às 21h30) e sábados domingos e feriados (das 10h às 18h30). Grátis.  Agendamento de grupos pelo e-mail: agendamento@jundiai.sescsp.org.br

A exposição Imagens da Natureza, do biólogo Victor Fávaro Augusto com raridades, pode ser vista de terça a sexta das 8h30 às 20 horas, nos sábados das 8h30 às 17 horas e nos domingos das 8h30 às 12 horas no Gabinete de Leitura Ruy Barbosa (rua Cândido Rodrigues, 301, Praça Rui Barbosa, Largo do Pelourinho, Centro). Grátis.

A exposição Trabalho, com diversas ferramentas e documentos da cidade e até uma mini-sala de cinema, é atração no Museu Histórico e Cultural ao lado dos novos jardins de terça a sexta das 9 às 17 horas e aos sábados e domingos das 9 às 16 horas no Solar do Barão (rua Barão de Jundiaí, 762, Largo da Matriz, Centro). Grátis.

O passado ferroviário está no Museu da Companhia Paulista, que abre de terça a sexta das 9 às 17 horas e aos sábados e domingos das 9 às 16 horas no Complexo Fepasa (avenida União dos Ferroviários, 1760, Centro). Grátis.

A semana tem Internazionale Circo di Napoli com sessões às 20h30 de terça a sexta-feira e 15h, 17h, 19h e 21h no sábado, domingo e feriado. Na tradicional área de circos (entre avenida Antonio Ozanan e União dos Ferroviários, ao lado do Extra e do Sesc, na Ponte de Campinas). Grátis para crianças de até 12 anos acompanhadas por adultos

 

Sábado (24)

Sara Não Tem Nome

O Festival Dia da Música, que acontece em 45 cidades, tem na sua parte local a partir das 15 horas as bandas Infante, de Jundiaí, Sara Não Tem Nome (foto), de Belo Horizonte, Versos Que Compomos na Estrada, de São Paulo e intervenções dos artistas de luz Estratosféricos. No palco do Complexo Fepasa (avenida União dos Ferroviários, 1760, Casa da Cultura, Centro). Grátis.

O violão de Felipe Coelho é atração das 14 horas no palco do Parque da Cidade (rodovia João Cereser, km 66, Pinheirinho, com acesso de ônibus pelo Terminal Hortolândia), ao lado de Tiê Pereira no baixo e Richard Montano na bateria com um show do festival “O Som das Cordas” chamado Hora Certa, com jazz e MPB e uma homenagem ao criador do ritmo Jequibau, o maestro Mário Albanese. Grátis. .

Os Festejos Juninos são a festa típica que a Prefeitura e a comunidade de jovens da Catedral Nossa Senhora do Desterro realizam a partir das 10 horas napraça Marechal Floriano Peixoto (a antiga praça do Coreto no Largo a Matriz, Centro). Com o sertanejo raiz de Juliano Gaitero e Banda às 10h30, o Festival de Quadrilhas a partir das 12h30 e o Forró do Arraiá dos Amigos do Samba às 16h, mais Karla Mantovani e clássicos sertanejos a partir das 18 horas.   

A Orquestra Jovem Tom Jobim é atração das 20 horas com trabalhos de Dorival Caymmi e Létieres Leite, fundador da Academia de Música da Bahia. A regência é de Nelson Ayres, conhecido pela Jazz Sinfônica do Estado e que já trabalhou com César Camargo Mariano em Prisma e fundou o grupo Pau Brasil. No Teatro Polytheama (rua Barão de Jundiaí, 176, Esplanada Monte Castelo, Centro). Grátis.

A banda Trio em Transe leva o agito da MPB a partir das 21 horas para o Café Racer Rock Bar (rua Itália, 19, Jardim Cica).  

A Noite do Flashback tem animação da aclamada banda Reprise Inédita (foto). Video Hits a partir das 22 horas no Grêmio da Companhia Paulista (rua Rangel Pestana, 336, Centro). A R$ 20 e R$ 15.

O Sindicato do Samba toca a partir das 20 horas no Estrela da Ponte (rua Padre Ângelo Cremonti, 34, Ponte São João).

Durante o dia, o Ocupa Rock acontece a partir das 15 horas na Ponte Torta com bandas mais novas do segmento na região de Jundiaí como Perdigoto Supimpa, Take a Shower, Cabeça Experimental, Snake´s Bloody, HC Renegados e Venomous Stench. Na praça Erazê Martinho (rua Atílio Vianelo, com rua José do Patrocínio e Paula Penteado). Grátis.

As peças teatrais Vesperais na Janela às 17 horas na área externa e Razão Social ás 19 horas no teatro trazem a Cia. Na Casa sobre sambistas na ditadura e o Grupo Reimundo com pesquisa teatral no Sesc Jundiaí (avenida Antonio Frederico Ozanan, 6.300, Ponte de Campinas). Grátis na primeira e a R$ 17 a inteira na segunda peça.

O Coral Infantil Divino se apresenta gratuitamente às 18 horas, comemorando seus trinta anos de existência, no auditório do campus do Centro Universitário Padre  Anchieta (avenida Dr. Adoniro Ladeira, 94, Vila Nova Jundiainópolis).

No cinema, “Melhores Amigos” (foto) é atração de sábado e domingo às 11 horas no MovieCom Arte, com duas crianças amigas em meio aos conflitos em suas famílias na parceria do diretor Ira Sachs com o roteirista brasileiro Mauricio Zacharias. No MovieCom (avenida Antônio Frederico Ozanan, 6.600, Maxi Shopping, Jardim Rio Branco).  

A festa Indie Party Especial Weekend abre às 22 horas no Bar e Choperia Bongô (avenida União dos Ferroviários, 2525, perto do Largo do Chafariz) a R$ 20 até meia noite.

No Bar do Haules (rua Marechal Deodoro da Fonseca, 244, Centro) a atração é o DJ Amaral Ed com uma seleção de música brasileira, soul, black music, house, música africana e muito mais. A partir das 19 horas.

A banda Friends toca a partir de 21h30 no Villa Pizza Bar (rua São Francisco, esquina com avenida Nove de Julho, Anhangabaú).

O Arraiá do CJ começa às 17 horas com vinte barracas de instituições na sede de campo do Clube Jundiaiense (rodovia Vereador Geraldo Dias, Parque Centenário). A R$ 50 para convidados homens, R$ 20 para convidadas mulheres e R$ 10 para oito a doze anos de idade.

Tem Arraiá do Benedito na festa junina a partir das 17 horas na Escola Técnica Benedito Storani, o antigo Colégio Agrícola (avenida Antonio Pincinato, 4355, Aeroporto).

Tem Arraiá do Santuário na festa junina das 18 horas o Santuário Diocesano (rua Cica, 1862, Vila Rami).

No Clube de Campo dos Metalúrgicos tem arraiá a partir das 16 horas. Com Jean Marcos & Luciano e o Trio Amizade. Muitas barracas de comidas típicas, quadrilha, fogueira. Sócios não pagam. Na rodovia Tancredo Neves, km 53, Castanho.

O Arraiá do Diógenes é a festa junina a partir das 14 horas com brincadeiras típicas e a banda A Máfia na escola Diógenes Duarte Paes (rua Flávio de Queiroz Novaes, Parque Brasília, Retiro).

A JuninArt é a festa junina às 17 horas com brincadeiras típicas e apresentações em tecido aéreo na escola Arte No Ar (avenida Dr. Sebastião Mendes Silva, 881, Anhangabaú).  Pede-se doação de material de limpeza para a Creche Wilson de Oliveira.

O Arraiá da Barreira é a festa junina a partir das 18 horas do sábado e do domingo com barracas típicas e atrações como violeiros na Paróquia Santa Teresinha (avenida Itatiba, Vila Rio Branco).

Os Encontros Musicais acontecem a partir das 19 horas na lanchonete Natura (rua Silva Jardim, 183, Vianelo). Grátis. Com Beto Calazans.

A banda Cow Bell (foto) é atração das 22h30 no Yellow Pubmarine (rua João Batista Curado, 80, Beco Fino, Parque do Colégio).

A Festa Ponto.Br usa apenas música popular brasileira nas agulhas de DJ Maravilha REis, DJ P. Nasty Nascimento e DJ Japa Shiroma a partir de 23h no Back Room (rua Marechal Deodoro da Fonseca, 250, Centro). A R$ 15 na porta, R$ 10 na lista e R$ 7 com carimbo do vizinho Bar do Haules.

A 15ª Olimpíada de Redação abre as inscrições, até 15 de agosto, na Biblioteca Municipal Professor Nelson Foot (avenida Dr. Cavalcanti, 396,  Complexo Argos) com o tema “Quero Deixar Minha Marca no Mundo”.

A banda Manhattan Rock toca Red Hot e Nirvana às 21 horas no Aldeia Bar (rua do Retiro, 279, Anhangabaú) com abertura da banda 7×1.

A festa Lei do Retorno tem o DJ Wagner Huinka e Alan Moreira a partir das 21 horas no Traviú (avenida Comendador Antonio Carbonari, 1200).   

O grupo Misturaeh é atração do pagode do Maria Cachaça (avenida Nove de Julho, 1551, Vila Boaventura, Largo São Jorge) a partir das 15h30. A R$ 20 e R$ 10.

O Acústico Kazamatta leva rock nacional e MPB a partir das 16 horas no bar Tô Trabalhando (rua Dário Murari, 20, praça Barão do Rio Branco, Vila Rio Branco). Grátis.  

A cantora May toca canções próprias e covers a partir das 20 horas no Alla Spina (rua Major Gustavo Storch, 145, Chácara Urbana).  

O fim de semana é também um bom dia para visitas aos parques públicos como do Corrupira, do Engordadouro, da Cidade, do Jardim do Lago, do Eloy Chaves, do Tulipas e outros, além do próprio Jardim Botânico.

Também é uma boa pedida a redescoberta do lado rural, com amigos ou turistas, das rotas turísticas formadas pela Rota da Uva, pela Rota da Cultura Italiana, pela Rota da Terra Nova e pela Rota do Castanho.

As visitas na Reserva Biológica da Serra do Japi são agendadas com antecedência. Para se organizar, veja os procedimentos aqui.

Domingo (25)

O pedal Rota das Fazendas com 40 vagas vai sair às 7 horas para percorrer um circuito de nível avançado com 60 quilômetros pelas regiões do Caxambu e Rio Acima, em promoção do Sesc.

A Feira Orgânica é atração a partir das 8 horas, da OCS Jundiaí Orgânicos, na praça Monsenhor Arthur Ricci (esquina da avenida Nove de Julho com avenida Prefeito Luiz Latorre).

O espetáculo infantil Família Monstro será apresentado às 10 horas no palco do Parque da Cidade (rodovia João Cereser, km 66, Pinheirinho, com ligação de ônibus ao Terminal Hortolândia). É uma comédia da Peste Companhia Urbana de Teatro.

 

O grupo de samba urbano Crua toca das 12h às 20h dentro da arrecadação de fundos para seu primeiro álbum autoral, sendo a R$ 10 com direito a uma cerveja ou R$ 25 com a feijoada. Reservas em 985490748.  No Espaço Cultural Barravento (rua Joaquim Nabuco, 371, Ponte São João).


Uma nova edição do Ocupa Ponte Torta está programada a partir das 16 horas, com tema de pós-Amplifica, festival de bandas independentes que teve sua primeira edição na cidade. Na praça Erazê Martinho (rua Atílio Vianelo, com rua José do Patrocínio e Paula Penteado). Com No Deal e Locomotrom no rock, Quarto de Badulaques (foto) na MPB, Conttenção no rap e Leonardo e os Graves Tensos no groove. Grátis.

 

 

O Arraiá Com Turma do Pagode acontece das 15 às 23 horas na sede de campo do Grêmio da Companhia Paulista (avenida Maria Negrini Negro, antiga Estrada da Toca).

O Almoço Mineiro é o ponto alto a partir das 11h30 da festa junina da Paróquia Santo Antonio (rua Engenheiro Roberto Mange, Anhangabaú). A R$ 40 para adultos e R$ 20 de seis a nove anos de idade.  

O 2º Dancehaulles acontece a partir das 16h com Union Lions Sound System e convidados no Bar do Haules (rua Marechal Deodoro da Fonseca, 250, Centro). Grátis, com contribuição voluntária.

A Sunset Party é o evento das 16h com o DJ Richard Pilon e o DJ Fer Júnior, da Casa Cica, que acontece no Botequim do Izidoro (rua Comendador Hermes Traldi, 5-50, Anhangabaú). A R$ 15.

Para crianças, O Menino e a Cerejeira é peça baseada em Daisaku Ikeda sobre uma árvore sobrevivente e vai estar às 16 horas no Sesc. A R$ 17 e grátis para menores de doze anos.  Outro evento desse público mais cedo, às 11 horas, é a leitura na biblioteca da série Antiprincesas, de Nádia Fink, com a Cia. Luamoar.  

Para veteranos, a banda Gil Brasil anima o baile dançante das 17 horas no Clube Veteranos de Jundiaí (avenida Francisco Pereira de Castro, 663, Anhangabaú). A R$ 10.

Em 1,2,3, Testando, o humorista Marco Luque usa personagens para conduzir o roteiro a partir das 19 horas no Teatro Polytheama (rua Barão de Jundiaí, 176, Esplanada Monte Castelo, Centro). A R$ 90, com desconto para clientes Paineiras ou Clube GT ou flyers.  

O Sarau da Coisa, no Jardim São Camilo, é evento alternativo que reúne o Coletivo Peça Chave, do rapper Juninho Canibal, a poeta Luiza Romão, os Low Bikers e microfone aberto para quem quiser participar. A partir das 13 horas na escola Maria José Maia de Toledo (rua Pedro Latance, sn, São Camilo). Grátis.  

Os Encontros Musicais acontecem a partir das 19 horas na lanchonete Natura (rua Silva Jardim, 183, Vianelo). Grátis.

Tem o Pagode do Villa, a partir das 20 horas no Villa Pizza Bar (rua São Francisco de Assis, esquina com Nove de Julho, Anhangabaú).

O Mega Festival é evento com MC Pedrinho, Bing Man, Presskit e outros a partir das 16 horas no Rei da Noite (avenida São Paulo, 43, Vila Arens). A R$ 40.

O Arraiá da Barreira é a festa junina a partir das 18 horas do sábado e do domingo com barracas típicas e atrações como violeiros na Paróquia Santa Teresinha (avenida Itatiba, Vila Rio Branco).

O fim de semana é também um bom dia para visitas aos parques públicos como do Corrupira, do Engordadouro, da Cidade, do Jardim do Lago, do Eloy Chaves, do Tulipas e outros, além do próprio Jardim Botânico.

Também é uma boa pedida a redescoberta do lado rural, com amigos ou turistas, das rotas turísticas formadas pela Rota da Uva, pela Rota da Cultura Italiana, pela Rota da Terra Nova e pela Rota do Castanho.

As visitas na Reserva Biológica da Serra do Japi são agendadas com antecedência. Para se organizar, veja os procedimentos aqui.

 

 

Deixe um comentário