Um roteiro da renovada cena cultural. Veja onde a coisa acontece

Perguntamos ao jornalista e sociólogo José Arnaldo de Oliveira o que é que tem pra fazer na cidade. Arnaldo é um dos grandes conhecedores da cena local.

A resposta é um incrível roteiro de coisas legais da cidade que compartilhamos com vocês. Aproveite. Na foto de abertura, detalhe do Polytheama fotografado por Marcos Fernandes.

Uma cena cultural renovada em Jundiahy

Além de sua comunidade, que decidiu cuidar do seu futuro e abriga talentos incríveis (muitos ainda pouco conhecidos), temos nosso Teatro Polytheama, nosso Solar do Barão, nossa Biblioteca Pública, nossa Pinacoteca Municipal, nosso Sesc Jundiaí, nosso Sesi Jundiaí, nossa Casa de Letras e Artes, nossa Casa de Cultura, nosso Museu da Companhia Paulista, em breve de volta nosso Centro das Artes.

E ainda muitas iniciativas coletivas ou espaços alternativos.

Ficamos sabendo delas pelo Coletivo Hip Hop, pelo Ocupa Ponte Torta, pelo Gabinete de Leitura Ruy Barbosa, pelo Itinerâncias 493, pelo Ateliê Casarão, pelo Ocupa Colaborativa, pelo Ateliê Barravento, pelo Ateliê Lelê da Cuca, pelo Ateliê Plano, pela Sociedade Jundiaiense de Cultura Artística, pelo Studio Bodega, pelo Celmi, pelo Dodecafônico, pelo Gravidade Zero.

Temos ainda o convívio com bons filmes no MovieCom Arte, no Cineclube Consciência, no Cinearte do Sindicato dos Metalúrgicos.

Temos os bons eventos, como Le Chef a Pé, como a Festa da Uva, como a Feira da Amizade, como as festas tradicionais ao longo do ano todo (como agora, no Bom Jardim).

Temos nossos clubes como o Grêmio da Companhia Paulista, o Clube 28, o Clube Jundiaiense, o Clube São João, o Clube Juventus, o Clube Ipiranga, o Estrela da Ponte, o Criju, o Veteranos, o Metalúrgicos, o Nipo Brasileiro, a Acre e outros.

Temos nossos bares como o Butequim Du Angelo, a Lanchonete Natura, o Back Room, o Bar Baridade, o Bar do Bilé, o Maria Cachaça, o Casa Brasil, o Boteco do Joca, o Pedro´s Bar, o Las Muchachas e tantos outros.

Temos nossos blocos e escolas de samba.

Temos nossas casas noturnas como o Yellow Pubmarine, o Cochabamba, o Villa Music, o Rei da Noite, o Aldeia, o Ponto Nove, o Tock Acoustic, o Aero Lounge, o Quinta Livre, o Lagoa dos Patos, o Wiener.

Temos nossas rotas turísticas como a Rota da Uva, a Rota da Terra Nova, a Rota do Traviú, a Rota do Castanho. E a moldura da Serra do Japi na cidade.

E temos ainda nosso Parque da Cidade, nosso Parque da Uva, nosso Parque do Jardim do Lago, nosso Parque do Engordadouro, nosso Parque do Corrupira, nosso Parque do Tulipas, nosso Parque do Eloy Chaves – e nosso Jardim Botânico.

Temos ainda bairros e vilas com características próprias ou históricas, as iniciativas de nossos produtores ou organizadores de eventos beneficentes, nossas reuniões de amigos, nossos eventos institucionais ou estudantis.

O circuito cultural de Jundiahy

Teatro Polytheama
Coletivo Hip Hop
Ocupa Ponte Torta
MovieCom Arte
Le Chef a Pé
Grêmio da Companhia Paulista
Ocupa Colaborativa
Sesc Jundiaí
Butequim Du Angelo
Yellow Pubmarine
Ateliê Barravento
Solar do Barão
Clube Jundiaiense
Back Room
Cochabamba
Bar Baridade
Pinacoteca
Ateliê Lelê da Cuca
Clube 28
Biblioteca Pública
Villa Music
Quinta Livre
Clube São João
Ateliê Plano
Bar do Bilé
Toka Acoustic Bar
Sesi Jundiaí
Ateliê Casarão
Itinerâncias 493
Centro das Artes
Aldeia Jundiaí
Lanchonete Natura
Casa de Letras e Artes
Rei da Noite
Aero Lounge
Estrela da Ponte
Rota da Uva
Criju
Ponte Nove
Maria Cachaça
Bar Casa Brasil
Rota da Terra Nova
Pedro´s Bar
Boteco do Joca
Lagoa dos Patos
Sindicato dos Metalúrgicos
Clube Ipiranga
Clube Juventus
Las Muchachas
Sociedade Jundiaiense de Cultura Artística
Gabinete de Leitura Ruy Barbosa
Clube Veteranos de Jundiaí
Cineclube Consciência
Wiener Bar Café
Casa da Cultura
Studio Bodega
Turismo Jundiaí
Clube Nipo Brasileiro
Dodecafônico
Clube Acre
Parque da Cidade
Museu da Companhia Paulista
Parque da Uva